PDF pageEmail pagePrint page

Explorando Cinema do Equador – ‘Baltazar Ushka, El Tiempo Congelado’ (2008), Realização de Igor e José Antonio Guayasamín. 22 min. Equador

Baltazar Ushca

A Fundação Rui Cunha apresenta esta sexta-feira, 15 de Novembro pelas 19h00, o documentário ‘Baltazar Ushka, El Tiempo Congelado’, realizado por Igor e José Antonio Guayasamín (Equador, 2008), no âmbito do Festival Cultural Latino Americano 2019, que decorre de 11 de Outubro a 30 de Novembro no território.

A projecção terá lugar no Auditório da Fundação Rui Cunha, 1º andar, e será precedida por uma degustação de café e chocolates provenientes do Equador às 18h30. A entrada é gratuita. Apareça!

Um documentário congelado no tempo

‘Baltazar Ushka, El Tiempo Congelado’ é uma curta-metragem de 2008 que se embrenha na vivência dos povos locais andinos, através do retrato de uma personagem inesquecível que é talvez a derradeira memória de uma ocupação do passado.

O vulcão Chimborazo, o mais alto do mundo em relação ao centro da terra, fica a mais de 5000 metros de altura na Cordilheira dos Andes equatoriais. Ali trabalha Baltazar Ushka, que há trinta anos percorre as neves da montanha em duras e sinuosas caminhadas, para recolher grandes pedaços de gelo e vendê-los depois na cidade. No passado, toda a comunidade se dedicava a esta tarefa, agora resta apenas Baltazar como o último “picador de gelo” de Chimborazo.

O argumento de 2008 revisita em 22 minutos as filmagens captadas em película por Igor e Gustavo Guayasamín, pai e tio de José Antonio, na década de 80 do século XX. O filme original ‘Los hieleros del Chimborazo’ (1980) é um dos grandes clássicos da cinematografia equatoriana que, a par de ‘Pasajes de la Cultura Ecuatoriana’ (1977), ‘Tiag’ (1988) e a série ‘Nahui, el rostro del Ecuador’ (1998), assinados pela dupla de irmãos, constituem importantes testemunhos antropológicos dos movimentos sociais do povo nativo do Equador.

O filho de Igor, José Antonio Gauyasamín, estudou cinema na Argentina e tem trabalhado como editor e realizador de filmes. Hoje dirige uma companhia de produção independente, onde cria programas de televisão e conteúdos educacionais.

For more information please visit:

http://www.latinamericanfestival.org/

https://www.facebook.com/mapeal.macau/